Emagrecimento

Chá Verde: a Super Bebida da Nutrição

Chá. É a segunda bebida mais popular do mundo, perdendo apenas para a água, tendo sua origem há mais de quatro mil anos na China.

Um dos mais antigos chás é justamente o chá verde, que pode ser encontrado em praticamente qualquer lugar do mundo.

E é por sua extrema popularidade e do tanto que se fala a respeito, que nós não poderíamos ficar de fora dessa.

Não se preocupe, não vamos mentir e dizer que o chá verde vai fazer você perder 15kg de gordura abdominal comendo batata frita sem sair de casa…

Mas você vai ver que a ciência tem coisas bem inesperadas para falar sobre a relação positiva do chá verde com a queima de gordura e a sua potência muscular.

Então prepare o seu cházinho e vamos nessa! A folha do chá verde tem duas substâncias que são as principais responsáveis por todos os benefícios.

A primeira é bem óbvia e existe em praticamente todos os chás: a cafeína.

Com cerca de 75 miligramas por xícara, definitivamente fica atrás do café, mas ainda é um valor considerável e pode dar aquela animada matinal.

Mas uma coisa que o chá verde tem e o café não, são as catequinas. Em torno de um terço da folha de chá verde é composta por quatro catequinas diferentes.

Seus efeitos são simplesmente extraordinários. Entre essas 4 catequinas, existe uma que é especialmente importante, a Epigalocatequina

Galato – ou EGCG, pra não deixar mais complicado ainda esse assunto tão complexo!

E pois é, o que vem a seguir é fascinante, mas consideravelmente complexo…

Então preparem sua atenção no nível máximo de foco porque vamos fazer uma analogia com abelhas para ver se fica um pouco mais fácil.

Imagine que a força dos músculos vem do mel. As catecolaminas são as abelhas, por ajudarem o mel a existir – no caso, os músculos a serem fortes.

Catecolaminas são alguns dos hormônios usados para aumentar a contração muscular, além de participarem da liberação de fontes de energia na corrente sanguínea.

Mas nesse esquema também entra a Catecol O-Metiltransferase – ou COMT – uma enzima que degrada essas catecolaminas.

Ou seja, essa COMT agiria como uma rede que acaba com as abelhas – as catecolaminas – diminuindo a força da musculatura – que seria o mel.

O grande trunfo do chá verde nesse contexto é que a EGCG presente nele trabalha anulando o efeito da COMT, ou seja, seria como se alguém rasgasse essa rede usada contra as abelhas, deixando elas trabalharem em paz e produzirem bastante mel!

Mas não acaba por aí. Como dissemos antes, a cafeína era um dos componentes mais importantes do chá verde.

Isso porque, nessa analogia das abelhas, ela seria como as flores, que atraem ainda mais abelhas – já que a cafeína acelera a produção de
catecolaminas.

Tem um porém: se você já toma muita cafeína, seria como se você tivesse “viciado” as abelhas do seu corpo em flores, fazendo com que sejam mais insensíveis, dando menos bola para as flores novas.

Mas se você não tem o costume de tomar tanta cafeína assim, trazer novas flores para esse jardim fará com que os efeitos do chá verde se potencializem, já que suas abelhas irão ficar aceleradas, produzindo mais mel.

Deu pra entender? Realmente é um assunto complexo, que tem: um produto final (o mel ou a potencia muscular); alguém que faz o produto final (as abelhas ou as catecolaminas); algo que atrapalha alguém (a rede ou a COMT); e outra coisa que impede o que atrapalharia de atrapalhar (cortar a rede ou a ECGC que está no chá verde!).

Então não fique com vergonha de voltar e ler de novo, a verdade é que para nós também foi super difícil organizar esse artigo!

Chá Verde: Termogênico

Mas voltando ao que interessa: o chá verde tem efeitos tão incríveis que não param por aí!

Outro fator que pode levar você a considerar o chá verde como mais benéfico ainda é o fato de que a EGCG inibe a absorção corporal de carboidratos.

Claro, você não vai perder 15kg só por causa desse efeito, mas para quem está na busca por uma perda de peso, sempre ajuda!

Mas isso não é tão simples assim, já que você terá que consumir cerca de 400 miligramas de EGCG por dia – ou 8 xícaras de chá verde.

Apesar de parecer uma quantidade enorme, para algumas pessoas que simplesmente tem o hábito de preparar o chá verde em grandes quantidades, isso pode não ser um grande problema.

Dito isso, vale ressaltar que não é saudável deixar de tomar água e ficar apenas no chá!

No fim das contas, uma xícara de chá verde pela manhã pode trazer inúmeros benefícios tanto para a saúde em geral quanto quando falamos em emagrecimento e exercícios físicos!

Se alguma bebida puder ser chamada de “super-bebida” com certeza o chá verde disputaria essa posição!

Gostaram do artigo? Costumam tomar chá verde? Já sentiram algum efeito positivo na saúde?

Então contem para a gente nos comentários, a gente adora saber! Um forte abraço e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *